5 mentiras sobre o uso do álcool gel<

5 mentiras sobre o uso do álcool gel

Desvende todas as mentiras que já te contaram sobre o álcool gel.

Você sabe que aqui no nosso blog a gente leva a expressão #TragoVerdades muito à sério, principalmente quando o assunto é cuidado e álcool gel! 

Por isso, selecionamos as cinco mentiras mais fajutas que já te contaram sobre o antisséptico em gel, para nunca mais ficar em dúvida sobre o que é certo e o que é errado. 

Bora lá?! 

1- O álcool gel mata as “bactérias do bem” que existem na pele

Os microrganismos benéficos para a saúde do nosso organismo podem sim estar na superfície da epiderme mas, em sua maioria, estão localizados nas camadas mais profundas, pois habitam o interior do corpo humano. 

Logo, se você passar o álcool gel e acabar eliminando alguns deles, fique tranquilo pois a seu organismo logo se encarregará de trazer novos para a substituição. 

Pense que o benefício de eliminar e evitar que as “bactérias do mal” é superior à perda de meia dúzia de microrganismos do bem, que logo estarão de volta. 

2- Posso usar luvas ao invés do álcool gel

Apesar de dar uma falsa sensação de segurança, as luvas não substituem a higienização das mãos, porque a contaminação dos microrganismos não costuma acontecer por meio da pele mas sim pelo contato com as mucosas. Ou seja, se você levar a mão, com luva, aos olhos, ainda assim correrá grandes riscos de se contaminar por uma doença infectocontagiosa. 

Além disso, leigos não sabem fazer o uso correto das luvas e podem acabar contaminando as mão no momento de retirá-las. 

3- Devo usar o álcool gel depois de lavar as mãos

Cuidado é sempre bom, mas não é para tanto!

O uso de álcool gel e de água com sabão são equivalentes, por isso, basta escolher apenas um método do assepsia e… Pronto! 

Não há necessidade de que um complemente o outro e você pode lavar as mãos quando estiver em casa e deixar o álcool gel para momentos onde a limpeza deve ser feita de forma rápida e prática. 

4- Receitas caseiras são mais potentes

A gente já te contou aqui no blog que, além de ineficazes, as receitas caseiras de álcool gel representam um enorme perigo para a sua família. Seja para quem vai fazer ou para quem vai usar. 

Isso acontece porque elas não têm eficácia comprovada, teste dermatológico e, para piorar, te colocam em risco por possuírem ingredientes inflamáveis, como o próprio álcool. 

Viu como você ainda tinha muita coisa para aprender sobre o uso do álcool gel? 

Para não ter erro na escolha, conte com Hi Clean que garante toda a qualidade e segurança que a sua família precisa nesse momento. 

Continue acompanhando o nosso blog para muito mais! 

NOSSAS VERSÕES

Comentários

AE Digital Facebook Instagram